Última hora

Última hora

Ban Ki-moon quer a reunificação de Chipre

Em leitura:

Ban Ki-moon quer a reunificação de Chipre

Tamanho do texto Aa Aa

O secretário-geral das Nações Unidas quer resolver o problema de Chipre ainda este ano. Ban Ki-moon está na ilha, para dar um novo impulso às negociações, em banho-maria desde que foram relançadas em Setembro de 2008.

Ban Ki-moon esteve, esta segunda-feira, na zona Norte da ilha, onde foi recebido com balões. Depois, reuniu-se com o presidente da autoproclamada República Turca de Chipre do Norte e com o presidente da República de Chipre, a Sul, a única reconhecida internacionalmente e membro da União Europeia.

O secretário-geral da ONU apela à vontade política dos dois homens para alcançarem uma saída para o conflito. “Ninguém tem ilusões. Sabemos que não vai ser fácil. As negociações de paz nunca o são”, disse. E acrescentou: “Este é o momento certo para avançar. Tenho a certeza de que estes dois líderes podem alcançar uma solução benéfica para ambas as partes. Durante décadas, o mundo ouviu falar do problema de Chipre; está na hora da solução para Chipre.”

O actual plano de reunificação prevê a criação de uma federação e deverá ser sujeito a referendo nas duas comunidades.