Última hora

Última hora

Fim do "apartheid" e libertação de Mandela foram há vinte anos

Em leitura:

Fim do "apartheid" e libertação de Mandela foram há vinte anos

Tamanho do texto Aa Aa

A libertação de Nelson Mandela a 11 de Fevereiro de 1990 marcou uma nova era na África do Sul. Então dominada pelo “apartheid”.

Mas o destino deste homem, quase santificado pelo povo africano, deve-se a um outro. A Frederik de Klerk, que recordou ontem, no parlamento de Pretória, os nove dias que decorreram entre o discurso histórico que “matou” o “apartheid” e a libertação de Mandela: “Mudaram a África do Sul para sempre”.

O destino de Mandela ficou, assim, traçado.

Nove dias depois das palavras do então presidente da África do Sul dominada pelos brancos, o herói dos africanos, Nelson Mandela, saída da prisão acompanhado pela então mulher Winnie Mandela.

O também Nobel da Paz tornou-se, quatro anos depois, no primeiro presidente eleito de forma democrática no país.