Última hora

Última hora

Irão mostra-se disponível para enviar urânio enriquecido no âmbito da proposta internacional

Em leitura:

Irão mostra-se disponível para enviar urânio enriquecido no âmbito da proposta internacional

Tamanho do texto Aa Aa

O impasse que opõe o Irão à comunidade internacional, devido ao programa nuclear que desenvolve, pode ter um fim à vista.

A mais recente declaração do presidente iraniano aponta nesse sentido.

Mahmoud Ahmadineijad, em entrevista à estação estatal do Irão, afirmou: “Não existe nenhum problema. O acordo vai ser assinado. O Irão entrega o urânio enriquecido a 3,5 por cento para o receber de volta, quatro ou cinco meses depois, enriquecido a 20 por cento. Esse acordo vai ser assinado.”

Estas declarações querem dizer que o Irão aceita a proposta da comunidade internacional, supervisionada pela Agência Internacional de Energia Atómica.

O urânio enriquecido a 3,5 por cento no Irão parte para a Rússia, que o enrique a quase 20 por cento. Depois, parte para França e regressa ao Irão na forma de combustível nuclear, o chamado “yellow cake”.

Mas os Estados Unidos, um dos países que mais pressões têm feito sobre o regime dos ayatolas, preferem a prudência e aguardam o regresso do Irão à mesa da agência.

A comunidade internacional acusa Teerão de enriquecer urânio para fins militares. O Irão garante que apenas quer produzir energia.