Última hora

Última hora

Estados Unidos pressionam Toyota

Em leitura:

Estados Unidos pressionam Toyota

Tamanho do texto Aa Aa

A Agência Nacional norte-americana de Segurança Rodoviária está a pressionar a Toyota. Quer que a construtora garanta a segurança dos seus veículos.

A relação entre o governo dos Estados Unidos, accionista de duas concorrentes da marca japonesa, e a Toyota tem passado por alguma tensão. O secretário norte-americano para os Transportes chegou a recomendar aos donos dos carros afectados que deixassem de conduzi-los e os levassem a um concessionário para serem reparados. Chegou mesmo a afirmar que “a Toyota pensa ter uma solução”. Depois destas declarações, Ray Lahood acabou por admitir que se expressou mal.

Esta declaração polémica levou as acções da marca, na Bolsa de Nova Iorque, a uma queda de mais de sete por cento. A Toyota já viveu dias melhores. O defeito no pedal do acelerador de um dos seus modelo provocou acidentes e trouxe um prejuízo ainda incalculado à empresa.

Em Portugal, onde não se conhecem casos relacionados com esta questão, Salvador Caetano abandonou a presidência da Toyota Caetano. O empresário anunciou ter vendido ou doado aos filhos a quase totalidade da posição que detinha na empresa.