Última hora

Última hora

Exportação de relógios suíços em queda

Em leitura:

Exportação de relógios suíços em queda

Tamanho do texto Aa Aa

A indústria dos relógios suíços está a sofrer com a crise. Em Dezembro, as exportações desceram mais de 7% em relação ao mesmo mês do ano passado.

Já em Novembro tinha havido uma queda de mais de 10%.

No entanto, este abrandamento no ritmo da queda pode ser um sinal de retoma para o sector. Os relógios representam cerca de 7% do total das exportações suíças.

O aumento da procura na Ásia está a dar oxigénio ao sector. Prevê-se que, no final deste ano, as vendas para a China e Hong Kong representem 30% do total.

A Suíça acolhe o maior grupo mundial do fabrico de relógios, a Swatch, e ainda a Richemont, proprietária de várias marcas de luxo.