Última hora

Última hora

Toyota revê previsões de resultados em alta

Em leitura:

Toyota revê previsões de resultados em alta

Tamanho do texto Aa Aa

A Toyota tenta tranquilizar os accionistas. O construtor nipónico reviu em alta as previsões de resultados para o ano fiscal em curso, que termina em Março. Depois de um anúncio de uma perda de exploração de 130 mil milhões de euros, a Toyota diz esperar agora apenas uma quebra de 20 mil milhões.

Isto, apesar da recolha de mais de oito milhões de veículos defeituosos. O director da empresa garante que a qualidade não será sacrificada. “A gestão do valor agregado e a qualidade não são conflituais. A alta qualidade tem uma melhor gestão do valor agregado. Por isso, não prevemos reduzir a qualidade para aumentar os lucros,” garantiu Takahiko Ijichi.

Uma resposta da Toyota às críticas norte-americanas. Os Estados Unidos são o país mais afectado pela recolha de Toyotas, por causa de defeitos no pedal de aceleração. Ray Lahood, Secretário norte-americano para os Transportes, chegou a recomendar aos donos dos carros afectados que deixassem de conduzi-los e os levassem a um concessionário para serem reparados, dizendo “a Toyota pensa ter uma solução”.

Nas duas últimas semanas, as acções da Toyota perderam 23% no índice japonês Topix.

Em Portugal, que não tem sido afectado pela recolha, Salvador Caetano abandonou a presidência da Toyota Caetano. O empresário anunciou ter vendido ou doado aos filhos a quase totalidade da posição que detinha na empresa.