Última hora

Última hora

Irlanda do Norte dá mais um passo rumo à paz

Em leitura:

Irlanda do Norte dá mais um passo rumo à paz

Tamanho do texto Aa Aa

A Irlanda do Norte vai ter um ministro da Justiça em Abril. Os chefes de governo de Dublin e Londres já estão na província britânica para assinar o compromisso alcançado nas últimas horas entre protestantes e católicos e que permite a devolução do controlo sobre a polícia e a justiça às autoridades de Belfast.

O líder do maior partido protestante e primeiro-ministro da província, Peter Robinson, confessa que as duas de semanas de debates foram “intensas e difíceis” mas sublinha que “a segurança vai aumentar para todos quando o acordo entrar em vigor.”

Este é um dos maiores passos rumo à paz desde a assinatura dos acordos da Sexta-Feira Santa de 1998. O compromisso acabou com trinta anos de violência intercomunitária. 3600 pessoas morreram por causa deste conflito.

O católico Martin McGuinness, do Sinn Fein, mostrou-se “confiante quanto ao apoio popular a esta liderança corajosa e determinada”. Um apoio que deixará cada vez mais isolados os elementos radicais de ambos os campos.

O extremismo não desapareceu na Irlanda do Norte. No início de Janeiro um agente da polícia ficou gravemente ferido na sequência de um atentado à bomba atribuído a militantes republicanos.