Última hora

Última hora

Momento histórico na Irlanda do Norte

Em leitura:

Momento histórico na Irlanda do Norte

Tamanho do texto Aa Aa

A Irlanda do Norte vive um momento histórico. Republicanos e Unionistas chegaram finalmente a acordo sobre o controlo da polícia e do sistema judicial, até agora a cargo de Londres.

O compromisso, um dos mais importantes após o acordo de sexta-feira santa, que pôs fim a 3 décadas de violência, surge após quase duas semanas de intensas negociações.

“Após décadas de violência, anos de negociações, semanas de impasse, este é o dia em que assegurámos um futuro, uma paz duradoura, o poder está agora onde deveria estar, nas mãos do povo de Irlanda do Norte. É a melhor resposta para aqueles que queriam colocar a violência de volta nas ruas”, disse Gordon Brown.

Peter Robinson, unionista, primeiro-ministro do governo de coligação entre católicos e protestantes, garantiu que o caminho da paz é irreversível. “As gerações futuras nunca nos perdoariam se desperdiçássemos a paz conquistada após uma longa luta. O acordo de hoje é o sinal mais seguro de que não haverá um regresso ao passado”, afirmou Robinson.

Acordada ficou também a reorganização das marchas tradicionais, como a dos protestantes “orangistas”, motivo de violência especialmente por passar por bairros católicos.

Um ministro da Justiça deverá ser designado esta segunda-feira para entrar em funções o mais tardar no dia 12 de Abril. Estima-se que seja nomeado alguém do Partido da Aliança, não-alinhado com unionistas e nacionalistas.