Fechar
Login
Por favor, introduza os seus dados de login

Skip to main content

A Ucrânia vai a votos este domingo – na corrida estão a primeira-ministra Ioulia Timotchenko, pró ocidental e o lider do Partido das Regiões, Viktor Yanoukovitch, tido como próximo de Moscovo.

Umas eleições marcadas pela grave crise económica, imputada por muita gente à primeira-ministra.

Na última semana de campanha, Ioulia Timotchenko aproveitou o apoio dos clérigos ortodoxo e católico para reforçar as acções de propaganda

As sondagens colocam-na em segundo lugar a 10 pontos percentuais de Viktor Ianoukovitch.

Os analistas desconfiam destes números, muito semelhantes aos da primeira volta, quando havia mais candidaturas.

Mas Yanoukovitch parece estar muito confiante e abrandou o ritmo da campanha, nos últimos dias. Este sábado, no entanto, participou numa cerimónia religiosa, filmada pelas televisões.

Aparentemente, tratou-se de uma resposta à rival, que tem insistido em mostrar o apoio de alguns altos representantes das duas principais igrejas do país.

Copyright © 2014 euronews

Mais informação sobre