Última hora

Última hora

Crise económica é o primeiro desafio da Comissão Barroso II

Em leitura:

Crise económica é o primeiro desafio da Comissão Barroso II

Tamanho do texto Aa Aa

Com três meses de atraso, Durão Barroso tirou a fotografia com a sua nova equipa. A Comissão Barroso II foi aprovada pelo Parlamento Europeu e o presidente do executivo comunitário tem motivos para sorrir.

A nova Comissão recebeu um apoio reforçado por parte dos eurodeputados para um mandato que terminará em Outubro de 2014. Um apoio condicionado. No hemiciclo pediu-se um executivo forte e determinado, que seja um verdadeiro “motor da Europa”.

A Comissão foi apoiada pelos principais grupos políticos, à excepção dos Verdes, comunistas, alguns eurocépticos e os socialistas franceses. No total, conseguiu 488 votos a favor, 137 contra e 72 abstenções. Um resultado mais amplo do que o da primeira Comissão de Durão Barroso.

As felicitações impõem-se, mas muitos dos membros da equipa vão ter ainda de convencer e os desafios, esses, não faltam nem esperam.

Barroso, acusado de imobilismo no primeiro mandato, diz ter as condições para trabalhar e promete agir rapidamente. O executivo comunitário terá de concentrar-se de imediato nas consequências da crise económica, entre outros temas.