Última hora

Última hora

Irão iniciou enriquecimento de urânio em desafio à comunidade internacional

Em leitura:

Irão iniciou enriquecimento de urânio em desafio à comunidade internacional

Tamanho do texto Aa Aa

Após meses de ameaças e retractações, o Irão começou esta terça-feira a enriquecer urânio a vinte por cento na central nuclear de Natanz.
Apesar de a notícia não ter feito sorrir a comunidade internacional, que se opõe ao gesto, os inspectores da Agência Internacional de Energia Atómica assistiram ao início do processo.

Robert Gates, Secretário norte-americano oara a Defesa, teme o pior: “Se o Irão continuar a tentar desenvolver armas nucleares vai, com toda a certeza, desencadear uma proliferação nuclear no Médio Oriente, o que representa um perigo enorme”.

Há vários meses que o Irão ameaçava avançar de forma doméstica com o enriquecimento, apesar de ter recebido ofertas de Moscovo, Washington e Paris que se disponibilizaram para tratar do material radioactivo e enviá-lo para Teerão.

O regime iraniano insiste que a tecnologia vai ser utilizada apenas na produção de energia nuclear para fins civis, mas a comunidade internacional, em especial dos Estados Unidos, acreditam que Teerão quer tornar-se numa potência nuclear para aumentar a capacidade de pressão do país.