Última hora

Última hora

China mantém reserva sobre sanções ao Irão

Em leitura:

China mantém reserva sobre sanções ao Irão

Tamanho do texto Aa Aa

Todos os países apoiam “sanções fortes” contra Teerão menos a China é, pelos menos, o que se espera no Conselho de Segurança da ONU. Barack Obama declarou que a comunidade internacional está a desenvolver um «significativo regime de sanções» e que o «mau comportamento» do Irão não pode ser tolerado e deve levar a uma demonstração de força por parte do Conselho de Segurança da ONU.

O presidente dos EUA aplaudiu a a mensagem condenatória emitida especialmente pela Rússia, um país que até agora se mostrou reticente a sanções contra o governo iraniano.
Teerão já fez saber que as novas sanções não impedirão que o país avance com o programa nuclear pacífico e advertiu que as resoluções para sancionar o país não serão capazes de solucionar problemas, mas provocarão vários aos países que as aprovarem. O regime insiste que o programa nuclear iraniano é totalmente pacífico e respeita as normas da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA).