Última hora

Última hora

Militares da NATO à espera de ordem para avançarem sobre Marjah

Em leitura:

Militares da NATO à espera de ordem para avançarem sobre Marjah

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de soldados afegãos e da NATO aguardam há quatros dias nos arredores de Marjah, o início de uma das maiores ofensivas do conflito afegão. A operação anunciada como “iminente” faz parte da nova estratégia internacional no território de atacar primeiro, para negociar mais tarde com os Talibã que controlam a região.

Nas últimas horas os militares têm procedido à evacuação de civis nas aldeias nos arredores de Marjah, no Sul do Afeganistão, apontada como o centro do tráfico de droga no país e bastião da guerrilha talibã.

Segundo algumas fontes, a guerrilha poderá estar a forçar alguns habitantes a permanecer em casa, podendo vir a utilizá-los como escudos humanos. Até ao momento cerca de mil pessoas abandonaram a região, que conta com mais de 80 mil habitantes.

A operação ocorre depois dos media norte-americanos confirmarem a morte do líder da guerrilha talibã no Paquistão. Os analistas temem que a demonstração de força possa apenas dispersar temporariamente os combatentes, sem um plano global para a reconstrução e combate ao tráfico de droga na zona.