Última hora

Última hora

Ahmadinejad afirma potência nuclear do Irão

Em leitura:

Ahmadinejad afirma potência nuclear do Irão

Tamanho do texto Aa Aa

“Morte a Israel” e “Morte à América”. ‘Slogans’ de ódio ao ocidente, gritados por milhares de iranianos, na praça da Liberdade, em Teerão, nas comemorações do 31.° aniversário da Revolução Islâmica, organizadas pelo regime de Mahmud Ahmadinejad.

As imagens disponíveis são da televisão pública de Teerão. Os jornalistas ocidentais tiveram de contentar-se com o discurso sobre a potência nuclear do Irão.

“Produzimos diariamente vários quilos de urânio enriquecido a 20% e, num futuro próximo, vamos triplicar a produção”, disse o presidente iraniano, que acrescentou: “Neste momento, em Natanz, temos capacidade para enriquecer o urânio a níveis muito mais elevados.” Ou seja, níveis de enriquecimento que permitem a produção da arma nuclear. Um objectivo que o presidente iraniano diz, contudo, não fazer parte dos seus planos.

Mas Ahmadinejad continua a desafiar o ocidente.