Última hora

Última hora

Saad Hariri: "Estamos a construir uma nova relação entre o Líbano e a Síria"

Em leitura:

Saad Hariri: "Estamos a construir uma nova relação entre o Líbano e a Síria"

Tamanho do texto Aa Aa

Cinco anos após o assassinato de Rafiq Hariri, o filho, Saad Hariri, exprime, pela primeira vez, um tom conciliador face à Síria. Damasco tinha sido acusada da morte do ex-primeiro-ministro libanês.

Domingo, os libaneses saem à rua para comemorem os cinco anos do atentado que matou Rafiq Hariri e, consequentemente, pôs fim ao domínio sírio no país.

Numa entrevista à euronews, o actual chefe de governo de Beirute está agora de olhos postos no futuro. “Abrimos uma nova página das nossas relações e estamos a reconstruir a confiança, após cinco anos de interrupção dos contactos entre o Líbano e a Síria. Actualmente, estamos a construir uma nova relação entre os dois Estados e os dois povos”, garante Saad Hariri.

Questionado sobre o que pensa das declarações do ministro israelita dos Negócios Estrangeiros, Avigdor Lieberman, que acusou o Hezbollah do assassinato de Rafiq Hariri, Saad Hariri respondeu: “Avigdor Lieberman só tem de ir ao Tribunal Internacional dizer o que sabe. Mas, tendo em conta os massacres feitos por Israel, penso que o melhor é que vá para trás das grades sem processo.”

A entrevista será transmitida, na íntegra, esta segunda-feira, na euronews.