Última hora

Última hora

Líbano presta homenagem a Rafic Hariri

Em leitura:

Líbano presta homenagem a Rafic Hariri

Tamanho do texto Aa Aa

O Líbano assinala, hoje, o quinto aniversário sobre a morte de Rafic Hariri.

A 14 de Fevereiro, o antigo primeiro-ministro foi alvo de um ataque à bomba, em Beirute, que acabou por vitimar mais de duas dezenas de pessoas.

As acusações não se fizeram esperar. Muitos apontaram o dedo à Síria, que sempre desmentiu qualquer envolvimento no atentado. A tensão entre os dois países apenas se atenuou com a chegada do filho de Hariri à chefia do Governo.

A Euronews perguntou a Saad Hariri qual o futuro das relações com o presidente da Síria, se o Tribunal Internacional declarar o país culpado.

“É uma eventualidade. Já dissemos que vamos respeitar as conclusões do tribunal. Não posso responder a essa questão neste momento ou fazer previsões. Mas há algo muito importante que é preciso perceber: vamos respeitar a decisão do tribunal” afirma Saad Hariri.

Milhares de libaneses encheram, hoje, a Praça dos Mártires, em Beirute para homenagear Rafic Hariri.

O assassinato do antigo primeiro-ministro pôs fim a três décadas de presença militar síria no Líbano e reaproximou as comunidades muçulmanas e cristãs no país.