Última hora

Última hora

NATO optimista com operação "Mushtarak" no Afeganistão

Em leitura:

NATO optimista com operação "Mushtarak" no Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

A NATO está optimista, mas cautelosa, um dia depois do lançamento da mega-operação contra os talibãs no sul do Afeganistão.

A ofensiva em Marjah, baptizada de “Mustarak”, conta com 15 mil soldados das forças afegãs e internacionais e tem como objectivo terminar com o poder dos insurgentes na província de Helmand, um dos últimos bastiões talibã e zona de produção de ópio.

A primeira jornada da operação ficou manchada pela morte de cinco marines americanos e um soldado britânico.

Gordon Brown quis expressar as condolências à família e amigos do soldado, que fez “o derradeiro sacrifício pelo país”. O primeiro-ministro britânico considera que tem sido “um esforço, envolvendo centenas de tropas, que actuam de forma muito corajosa e destemida”.

As baixas registadas elevam para 69 o número de militares estrangeiros que morreram no Afeganistão desde o início de 2010.

Milhares de habitantes da região abandonaram as suas casas. O presidente afegão pede aos soldados para evitar, a todo o custo, a morte de civis.