Última hora

Última hora

Tropas internacionais e afegãs cumprem objectivos tácticos em Marjah

Em leitura:

Tropas internacionais e afegãs cumprem objectivos tácticos em Marjah

Tamanho do texto Aa Aa

As tropas da NATO e afegãs estão a ganhar terreno na região de Marjah. Em menos de dois dias a ofensiva militar, no sul do Afeganistão, já começou a dar frutos. A resistência é simbólica e os militares ocupam, agora, a região. Até ao momento morreram 20 insurgentes e cinco soldados da Força Internacional da NATO.

Um responsável norte-americano faz um balanço positivo da operação.
Garante que não há grandes incidentes a registar na aproximação às áreas tomadas pelos insurgentes e afirma, que a presença das tropas está a ser bem recebida pela população.

No terreno estão 15 mil soldados, naquela que é considerada a maior ofensiva desde 2001.

A operação com o nome de código Mushtarak visa devolver o controlo da província ao governo afegão.
Um reduto talibã onde se instalou a cultura do ópio.

Os norte-americanos suspeitam que é aqui que se escondem entre 400 a 1000 insurgentes. Muitos analistas acreditam que os talibãs terão abandonado, entretanto, a região à semelhança do que fez uma grande parte da população.

Um habitante de Marjah diz ter deixado a casa onde vivia devido à ofensiva e pede, agora, ajuda ao governo porque tem pessoas na família a precisarem de medicamentos com urgência.

Os civis são para já uma das maiores preocupações
O Presidente afegão, Hamid Karzai, lançou um apelo às tropas ocidentais para que evitem baixas entre a população.