Última hora

Última hora

Líbia suspende vistos para países do Espaço Schengen

Em leitura:

Líbia suspende vistos para países do Espaço Schengen

Tamanho do texto Aa Aa

Os europeus não são bem-vindos à Líbia. O país de Muammar Khadaffi suspendeu a atribuição de vistos aos cidadãos do Espaço Schengen, segundo um jornal próximo do filho do líder líbio.

É a retaliação depois da Suíça ter alegadamente proibido a entrada a 188 personalidades líbias, incluindo Muammar Khadaffi e a família. Mas, para além da Suíça, a medida afecta os cidadãos da Noruega, Islândia e 22 países da União Europeia, incluindo Portugal.

Este é mais um episódio da crise diplomática entre Trípoli e Berna. Tudo começou em Genebra, em Julho de 2008, com a detenção de Hanibal Khadaffi, filho do líder líbio, e da mulher acusados de maus tratos aos empregados domésticos.

As queixas foram retiradas e o presidente suíço pediu desculpas, mas Trípoli desencadeou uma série de retaliações contra a Suíça, incluindo o encerramento de contas bancárias, expulsão e detenção de empresários.

Com a suspensão dos vistos, a Líbia denuncia o que chama de sistema solidário.