Última hora

Última hora

Mais duas baixas nas forças da Nato no Afeganistão

Em leitura:

Mais duas baixas nas forças da Nato no Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos dois soldados, um americano e um britânico, perderam a vida num ataque no sul do país.

O incidente ocorreu no terceiro dia da grande ofensiva lançada este sábado, na província de Helmand, pela Força Internacional de Assistência e de Segurança, Isaf.

Um militar norte-americano mostra armamento bélico pronto a explodir e explica que se tivessem escolhido uma outra estrada tinha sido uma tragédia.

Em conferência de imprensa o comandante do exército afegão confirmou ainda a morte de 27 talibãs mas também de, pelo menos, 12 civis.

Segundo o general a quase totalidade da cidade de Marjah é agora controlada pelas forças aliadas, cerca de 15 mil soldados que protagonizam a maior operação militar, em número de tropas, desde a queda do regime talibã em 2001.

Na sequência da morte dos 12 civis as forças internacionais suspenderam o uso de mísseis até que as causas sejam apuradas.

O comandante da Isaf, o general Stanley McChrystal, lamenta o sucedido e explica que estão a seguir instruções específicas dadas pelo Presidente Hamid Karzai e que o objectivo desta operação é proteger as pessoas.

A população local tinha sido alertada para a ofensiva, mas parte dos cerca de 80 mil habitantes foi impedida pelos Talibãs de deixar a cidade.

2009 foi o ano mais mortal para as forças aliadas, contam-se mais de 500 baixas.