Última hora

Última hora

Maquinistas belgas em greve

Em leitura:

Maquinistas belgas em greve

Tamanho do texto Aa Aa

A Bélgica continua paralisada um dia após o acidente ferroviário, que provocou cerca de duas dezenas de mortos.

Os maquinistas do país estão em greve em sinal de protesto contra a degradação das condições de trabalho, mas não só. Suspeitam, que a falta de investimento esteja a pôr em risco a segurança da rede ferroviária nacional.

Os passageiros estão solidários com os maquinistas

“Eles prometem que isto vai mudar, mas não muda nada. Na Bélgica é sempre a mesma coisa, fala-se muito mas não se faz nada.”

“Não temos a certeza se vamos dormir em Bruxelas ou voltar para casa esta noite. Compreendemos que tenham feito greve, em causa está a nossa segurança e é deplorável que pessoas morram antes de ser feita qualquer coisa”

“Depois deste acidente, creio que é melhor vir de carro para evitar problemas. Tem medo? Tenho.”

As causas da colisão em Halle continuam por esclarecer. Um dos maquinistas sobreviveu ao acidente e pode ser determinante para compreender o que correu mal.