Última hora

Última hora

Pilotos da Lufthansa votam a favor de greve

Em leitura:

Pilotos da Lufthansa votam a favor de greve

Tamanho do texto Aa Aa

Os pilotos da Lufthansa disseram sim à greve. O sindicato Cockpit, que representa a maioria dos pilotos da companhia aérea alemã, deu a conhecer os resultados da consulta interna que fez, ao longo do último mês.

A maioria está favorável a uma paralisação. Pedem um aumento de mais de 6% nos salários, o que a companhia recusa, por afectar a estratégia de redução dos custos. A Lufthansa quer baixar os custos anuais em mil milhões de euros até ao próximo ano.

Outro medo dos pilotos tem a ver com uma eventual mudança para subsidiárias como a Austrian Airlines ou a Lufthansa Italia, onde os salários são mais baixos.

A última greve dos pilotos na Lufthansa aconteceu em 2001 e causou um prejuízo de 75 milhões de euros.

Também o pessoal de cabine da British Airways pode entrar em greve, depois de um tribunal ter impedido uma tentativa de greve na altura do Natal.