Última hora

Última hora

Sarkozy apostado em "virar a página" nas relações com o Haiti

Em leitura:

Sarkozy apostado em "virar a página" nas relações com o Haiti

Tamanho do texto Aa Aa

Um mês após o terramoto no Haiti, o presidente francês deslocou-se hoje ao país, apostado em virar a página nas relações com a antiga colónia francesa.

Na visita, a primeira de um chefe de Estado francês, Sarkozy anunciou mais ajuda à reconstrução e o perdão da dívida haitiana à França, orçada em 56 milhões de Euros.

O chefe de Estado assegurou ainda os haitianos que o país não voltará a ser submetido à tutela internacional.

Evocando os episódios sombrios da escravatura e da repressão napoleónica, e preferindo falar de “separação” em vez de independência, Sarkozy prometeu um novo capítulo nas relações bilaterais.

A França pretende assim recuperar o protagonismo no país, depois da intervenção humanitária norte-americana, e apesar de ter interferido no passado, por várias vezes, na política haitiana.