Última hora

Última hora

Dalai Lama: "Obama preocupa-se com a situação no Tibete"

Em leitura:

Dalai Lama: "Obama preocupa-se com a situação no Tibete"

Tamanho do texto Aa Aa

O encontro, na Casa Branca, decorreu à porta fechada, mas no final da reunião com Barack Obama, o Dalai Lama falou aos jornalistas.

A China, que acusa o líder espiritual tibetano de defender a independência do Tibete, tinha protestado contra o encontro.

O Dalai Lama falou de Barack Obama como alguém preocupado com a situação no Tibete: “Telefonou-me após ter sido empossado presidente. Estão a ver? Mostra sempre as suas verdadeiras preocupações. E, inclusive, depois da visita a Pequim, manifestou-se preocupado com a situação no Tibete e com outros assuntos deste tipo. Por isso, manifestei-lhe a minha gratidão”.

Aquando da última visita do Dalai Lama a Washington, o ano passado, Obama tinha evitado um encontro com o líder tibetano.

O encontro desta quinta-feira ameaça piorar ainda mais as relações entre Washington e Pequim, num momento em que a Casa Branca tenta obter o apoio chinês a um novo plano de sanções contra o Irão.