Última hora

Última hora

Gruas começam a remover carruagens do acidente em Halle

Em leitura:

Gruas começam a remover carruagens do acidente em Halle

Tamanho do texto Aa Aa

Um minuto de silêncio em memória das vítimas do acidente de comboio, em Halle, na Bélgica. Foi assim em todas as estações, em todos os comboios e em todos os escritórios da empresa ferroviária belga.

Depois, a ministra belga do Serviço Público assinou um livro de condolências, aberto a todos o que desejem deixar uma mensagem às famílias das 18 vítimas mortais, três das quais trabalhavam para a companhia de caminhos-de-ferro.

Esta quinta-feira, as gruas vão começar a remover as carruagens destruídas pelo acidente de segunda-feira. As autoridades receiam que mais corpos possam ainda ser descobertos, na amálgama de chaparia provocada pela colisão frontal de dois comboios, em Halle, 15 km a sudoeste de Bruxelas. O acidente provocou igualmente ferimentos em 171 pessoas.

O tráfego dos comboios Eurostar entre Bruxelas e Londres continua suspenso, pelo menos até segunda-feira e várias outras ligações estão ainda perturbadas.