Última hora

Última hora

ONU pede mil milhões de euros para o Haiti

Em leitura:

ONU pede mil milhões de euros para o Haiti

Tamanho do texto Aa Aa

São necessários cerca de mil milhões de euros para ajudar o Haiti. O apelo é do Secretário-Geral da ONU, numa altura em que a população teme a chegada da época das chuvas. Trata-se do maior montante alguma vez pedido pelas Nações Unidas. A organização já recebeu mais de 450 milhões de euros numa primeira fase.

Ban Ki-moon explicou que “a época das chuvas está a chegar e é extremamente importante fornecer, em primeiro lugar, abrigo, condições de higiene e todo o tipo de assistência humanitária.”

As fortes chuvas já começaram a transformar os acampamentos em bairros de lama. Após o sismo de 12 de Janeiro, improvisaram-se barracas, com pedaços de tecido ou de plástico, que estão agora ameaçadas pela chegada da época das chuvas.

Quem espera, desespera. “Não sei o que fazer”, desabafa um habitante. “Temos um, dois, três dias até à chegada das chuvas e não sei o que fazer. Toda a gente está na mesma situação.”

O sismo deixou um milhão e duzentas mil pessoas sem tecto. Cerca de 700 mil instalaram-se em acampamentos improvisados, à espera da distribuição da ajuda humanitária.

Esta sexta-feira, o aeroporto de Port-au-Prince vai ser reaberto parcialmente, depois das obras de recuperação. Até agora, apenas podiam aterrar voos de ajuda.

Um terminal de cargas de quatro mil metros quadrados, menos danificado pelo terramoto, foi transformado em terminal de desembarque de passageiros. Outro edifício foi transformado em terminal de embarque.