Última hora

Em leitura:

Polícia mata na Costa do Marfim


Costa do Marfim

Polícia mata na Costa do Marfim

A polícia da Costa fdo Marfim abriu fogo, esta sexta-feira, sobre uma manifestação anti-presidenial, matando um número indeterminado de pessoas e ferindo muitas outras.

A oposição diz que morreram cinco manifestantes, um número ainda não confirmado.

Fontes hospitalares garantiram aos correspondentes internacionais que há mortos, mas não quiseram precisar o número.

Tudo aconteceu na cidade de Gagnoa, no sul do país.

Na sequência da carga policial, os incidentes multiplicaram-se, com autocarro incendiados e montras partidas.

A contestação ao presidente Laurent Gbagbo aumentou esta semana, depois de ele ter demitido o Governo e a Comissão Nacional de Eleições.

Fontes da oposição interpretam estas decisões, como uma tentativa de inviabilizar as eleições presidenciais que deveriam decorrer, em Março.

Eleições que tem sido consecutivamente adiadas, desde 2005, para desespero da oposição.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Combate vital pelo controlo do bastião talibã