Última hora

Última hora

Número de mortos na Madeira aumenta para 40

Em leitura:

Número de mortos na Madeira aumenta para 40

Tamanho do texto Aa Aa

O temporal na Madeira causou pelo menos 40 mortos e centenas de feridos.

É a pior tragédia na ilha dos últimos cem anos.

As operações de socorro e de remoção do entulho prosseguem. As autoridades temem que o número de vítimas possa aumentar.

O Funchal e a Ribeira Brava foram as zonas mais afectadas.

Mais de trinta famílias passaram a noite em instalações militares.

Algumas aldeias permanecem isoladas. A população aguarda a chegada de pontes militares.

Alberto João Jardim teme que a tragédia afaste o turismo da Madeira.

“Cuidado com a dramatização. Não nos podemos esquecer que a nossa economia depende do exterior. Vamos tentar resolver as coisas internamente.”

A fragata Côrte-Real rumou ontem à noite para a Madeira. Transporta equipas de socorro e meios das Forças Armadas.

José Sócrates garantiu o apoio do governo central a João Jardim.

No Funchal, a circulação na via rápida faz-se sem problemas mas alguns acessos à cidade foram cortados.

No aeroporto, o tráfego aéreo decorre com normalidade.