Última hora

Última hora

Irão captura o homem mais procurado pelo regime

Em leitura:

Irão captura o homem mais procurado pelo regime

Tamanho do texto Aa Aa

O Irão anunciou a detenção do líder sunita rebelde Abdolmalek Rigi, dirigente do grupo Jundollah.

Segundo as autoridades iranianas, Rigi foi detido no Dubai, a bordo de um avião que devia transportá-lo para o Quirgistão e depois transferido para o Irão.

Era o homem mais procurado pelo regime iraniano. Teerão acusa vários países ocidentais, entre os quais os Estados Unidos, de apoiarem as acções terroristas do Jundollah.

“Abdolmalek Rigi esteve numa base militar americana 24 horas antes de ser detido e viajou por diversos países da Europa. Os americanos forneceram-lhe um passaporte afegão e um bilhete de identidade para viajar para o Paquistão”, afirmou o ministro da Informação.

Um alto responsável americano, que pediu o anonimato, já desmentiu estas acusações.

O grupo Jundollah, que significa “Exército de Deus”, é um braço armado da al qaida e é acusado pelas autoridades iranianas de diversos atentados no sudeste do Irão, junto da fronteira com o Paquistão.

Entre os actos atribuídos ao grupo dirigido por Abdolmallek Rigi estão o ataque suicida que matou 42 pessoas e vários guardas da revolução, em Outubro último, em Pishin, na província do Sistão-Baluschistão e o atentado à bomba que fez vinte mortos numa mesquita xiita na capital da mesma província, em Maio de 2009.