Última hora

Última hora

Malvinas: países latino-americanos apoiam Argentina

Em leitura:

Malvinas: países latino-americanos apoiam Argentina

Tamanho do texto Aa Aa

Os países latino-americanos manifestaram o seu apoio à Argentina no mais recente conflito em torno das ilhas Malvinas.

Durante a cimeira do grupo do Rio, em Cancun, a presidente Cristina Kirchner acusou o Reino Unido de violar a lei internacional ao permitir a prospecção de petróleo no território disputado entre os dois países.

Kirschner garantiu que não vai adoptar medidas que infrinjam a legislação internacional ou que ultrapassem as competências da lei argentina. Vamos respeitar esse princípio pois, afirmou, agir de outra forma seria como pretender comer um caníbal.

O conflito diplomático intensifica-se um dia depois de uma companhia britânica ter iniciado a prospecção de petróleo ao largo das Malvinas, apesar dos protestos de Buenos Aires.

No território sob soberania britânica, uma habitante afirma querer apenas, “que os deixem em paz. Quer encontrem petróleo ou não seria estúpido voltar a iniciar uma guerra”.

Vinte e oito anos após o conflito que provocou quase um milhar de mortos, Londres e Buenos Aires afirmam querer resolver o diferendo pela via diplomática.

O responsável da diplomacia argentina reúne-se amanhã com o secretário geral da ONU para protestar contra o Reino Unido.

A Argentina tinha decidido reforçar os controlos sobre o tráfego marítimo com as Malvinas, embora exclua a possibilidade de bloquear o acesso aos portos das ilhas.