Última hora

Última hora

NATO pede desculpa pelas vítimas civis no Afeganistão

Em leitura:

NATO pede desculpa pelas vítimas civis no Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

Os civis afegãos continuam a ser vítimas dos dois lados da guerra que atravessa o país.

Esta manhã, mais sete pessoas foram mortas, num ataque à bomba, na cidade de Lashkar, capital da província de Helmand. O atentado ocorreu junto de um edifício do governo.

O crescente número de vítimas levou o comandante das forças da NATO, o general Stanley McChrystal a dirigir-se aos afegãos com um pedido de desculpas.

Num vídeo trnasmitido pela televisão e traduzido nas línguas dari e pastoun, o chefe militar americano pediu desculpas aos afegãos, anunciou a abertura de um inquérito sobre o último ataque das forças aliadas que matou vítimas inocentes, lembrou que o objectivo dos militares é a protecção do povo afegão e pediu confiança para a construção do futuro.

O discurso de McCrhystal foi seguido pelas populações. Um jovem afegão afirma que “o problema é que todos usam equipamento muito sofisticado nas operações, mas para isso têm que ter muito cuidado”.

Esta declaração surge na sequência do ataque aéreo ocorrido no domingo, na província de Uruzgan, no centro do país, onde pelo menos 27 civis perderam a vida.

Também do lado militar, o conflito está a saldar-se por um grande número de baixas. A resistência talibã é cada vez mais forte, duas semanas após o início da operação Mustarak.