Última hora

Última hora

A400M vai voar com mais 3,5 mil milhões de euros

Em leitura:

A400M vai voar com mais 3,5 mil milhões de euros

Tamanho do texto Aa Aa

Já existe um acordo de princípio para não deixar no chão o projecto do avião militar de transporte A400M.

Numa reunião dos ministros da Defesa da União Europeia, esta quarta-feira, a ministra espanhola Carmen Chacon confirmou que estão já definidos os moldes para o resgate do projecto com 4 anos de atraso.

A Alemanha, a França, a Grã-Bretanha, a Bélgica, o Luxemburgo, a Espanha e a Turquia, todos países da NATO, concordaram em dar à EADS mais 3,5 mil milhões de euros.

Inicialmente, a construção da A400M estava orçada em 20 mil milhões de Euros. Estima-se agora que o projecto possa ultrapassar os 31 mil milhões.

O principal obstáculo na construção do avião prendeu-se com problemas na elaboração daquelas que serão as maiores turbo-hélices construídas no Ocidente.

O colapso do projecto poderia provocar a eliminação de 10 mil postos de trabalho.