Última hora

Última hora

Turquia preocupa comunidade internacional

Em leitura:

Turquia preocupa comunidade internacional

Tamanho do texto Aa Aa

Os últimos acontecimentos na Turquia já provocaram a reacção da comunidade internacional.

Tanto os Estados Unidos como a União europeia mostram-se preocupados quanto às sérias acusações de que altas patentes militares turcas estariam a planear um Golpe de Estado.

Ancara teve mão pesada e deteve quase meia centena de militares que já, esta terça-feira foram presentes a tribunal.

A comunidade internacional espera um processo transparente e exemplar.

Um facto relevante é a posição privilegiada que o exercito sempre usufruiu na vida política turca, como explicou à Euronews, Andrew Finkel, analista sobre os assuntos turcos.

“Nos últimos anos, o exército foi muito activo na tentativa de enfraquecer o actual governo.
Emitiram comunicados, até na internet, a criticar o governo, tentando organizar uma resistência popular. Eles não gostam, claramente, do executivo e este é um governo que está a dar-lhes luta. O governo está a dizer “violaram as leis e vão pagar o preço por isso!”

A gravidade da situação obrigou a uma reunião de emergência com as chefias militares turcas como revela um comunicado, divulgado no site do Estado-maior-general. O documento não dá mais detalhes.

O exército turco é o segundo maior na NATO, a seguir ao americano, é a instituição mais popular da Turquia, que garante a república laica, fundada por Ataturk, há 86 anos.