Última hora

Última hora

Vandalismo causa desastre ecológico em Itália

Em leitura:

Vandalismo causa desastre ecológico em Itália

Tamanho do texto Aa Aa

Um acto de vandalismo, afirmam as autoridades italianas, terrorismo ecológico, afirmam outros – uma maré negra é o resultado.

Uma parte do maior rio de Itália, Po, está cheio de crude. Na origem deste desastre ecológico, que já matou vários animais e ameaça a flora, esteve uma sabotagem – uma ou várias pessoas perfuraram tanques contendo crude de uma antiga refinaria em desuso na região de Monza, na Lombardia, onde se situa o afluente do rio Po.

Para Francesco Brunetti, da Agência Ambiental da Lombardia: “Para termos uma ideia do crude vertido, um tanque de um camião cisterna tem uma capacidade de 30 metros cúbicos. Estamos então a a falar de uns 80 tanques vertidos”.

Bombeiros, protecção civil e autoridades locais desdobram-se para tentar conter o alastramento do crude. Foram colocadas barreiras ao longo do afluente e estão a ser utilizados aparelho para absorver a matéria.

Centenas de animais morreram, o odor na região é nauseabundo. O crude ocupa quilómetros de rio e margens.