Última hora

Última hora

Argel: chefe da polícia assassinado

Em leitura:

Argel: chefe da polícia assassinado

Tamanho do texto Aa Aa

O chefe da polícia nacional da Argelia, o coronel Ali Tounsi foi abatido a tiro.
 
O incidente ocorreu nas instalações do quartel general da polícia, no bairro de Bab-el-Oued, em Argel.
 
O tiroteio terá ocorrido no próprio gabinete de Tounsi, durante uma reunião.
 
O ministério argelino da Administração Interna confirma que o coronel foi morto por um dos seus próprios colaboradores num acesso de fúria.
 
Algumas fontes referem que depois de disparar sobre o seu superior hierárquico, o homem terá disparado contra si próprio, outras contam que os agentes que se encontravam na sala terão ripostado quando ele atirou.