Última hora

Última hora

Eurodeputado italiano quer comissão anti-máfia na eurocâmara

Em leitura:

Eurodeputado italiano quer comissão anti-máfia na eurocâmara

Tamanho do texto Aa Aa

A luta anti-máfia poderá assumir uma dimensão europeia. Este é o desejo de Rosario Crocetta que voltou a propor a criação de uma comissão temporária no Parlamento Europeu com o objectivo de fazer frente ao fenómeno das máfias na Europa e às suas ligações com o mundo financeiro.

O eurodeputado italiano fez o pedido através de uma carta enviada a Martin Schulz, presidente do grupo parlamentar dos Socialistas e Democratas.

Rosario Crocetta defende que “a partir do momento em que a máfia mudou e entrou no mundo dos negócios, tornou-se concorrente das empresas legais. Penso que os Estados membros têm que agir para bloquear este fenómeno que pode ter consequências graves na economia da Europa.”

Ex-presidente da câmara da pequena cidade siciliana de Gela, Rosario Crocetta vive sob vigilância máxima desde que, em 2003, a Máfia italiana tentou assassiná-lo.

O eurodeputado foi definido como alvo depois de ter criado uma associação anti-extorsão, o que prejudicou as actividades da Cosa Nostra.