Última hora

Última hora

Rússia lança apelo às empresas francesas

Em leitura:

Rússia lança apelo às empresas francesas

Tamanho do texto Aa Aa

A Rússia quer que empresas francesas invistam na modernização do país.

O apelo foi feito pelo presidente, Dmitri Medvedev, no segundo dia da visita oficial a Paris.

A França é o sexto investidor na Rússia e um dos principais parceiros comercias.

Desde 2006, as trocas comerciais entre os dois países têm vindo a crescer cerca de 25% ao ano
Ontem, Paris e Moscovo assinaram dois importantes acordos.

Um deles permite à empresa francesa GDF Suez comprar uma posição de nove por cento no projecto do gasoduto North Stream gerido pela Gazprom.

O gasoduto, que vai ligar a Rússia à Europa através do mar báltico deverá transportar em 2011 cerca de 28 mil milhões de metros cúbicos de gás natural.

Durante o encontro entre Medvedev e Sarkozy foram, também, rubricados acordos em áreas como energia, cooperação bancária e aviação.

Os dois presidentes decidiram, ainda, dar início às negociações para vender à Rússia quatro navios de guerra Mistral.

As embarcações militares, com uma única plataforma, têm capacidade de exercer funções de porta-helicópteros, hospital, transporte de tropas, desenvolvimento de acções de comando e ataque anfíbio.

O anúncio foi recebido com apreensão pelos Estados Unidos.