Última hora

Última hora

Tempestade Xynthia sai cara

Em leitura:

Tempestade Xynthia sai cara

Tamanho do texto Aa Aa

Passada a tempestade Xynthia é tempo de contabilizar os estragos.

No departamento francês de Charente-Maritime, uma das localidades mais afectadas pelos ventos fortes, a recuperação dos diques vai custar cerca de 135 milhões de euros.

As águas galgaram a costa, e surpreenderam os habitantes durante o sono. Tudo porque alguns diques não viam obras há dezenas de anos.

“Foi construído em 1788. Devia ter tido manutenção desde sempre”, diz esta habitante. Um raciocínio complementado pelas palavras deste homem. Acrescenta: “Basicamente eles repararam pequenas partes de uma vez quando muito um dia. Estavam reunidas as condições para a ruptura.”

Aiguillon-sur-Mer foi uma das localidades mais fustigadas pela tempestade Xynthia. Só aqui morreram pelo menos 25 pessoas, num total de meia centena de vítimas mortais em França.

Nicolas Sarkozy anunciou que vai desbloquear três milhões de euros para responder às necessidades imediatas.

O chefe de Estado francês falou também num plano para reforçar os diques.