Última hora

Última hora

Grécia: Governo aprova novas medidas de austeridade

Em leitura:

Grécia: Governo aprova novas medidas de austeridade

Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de reformados protestaram, esta manhã, nas ruas de Atenas contra as medidas de austeridade do governo.

O ministro do Trabalho grego propôs um congelamento das reformas este ano. Mas esta é apenas uma das medidas para poupar 4.8 mil milhões de euros e reduzir 4% do défice público em 2010.

Os reformados fizeram uma marcha até ao Parlamento para deixar uma mensagem. “As coisas vão ser difíceis para os reformados e para os trabalhadores. Vai ser muito mau”, criticou um idoso. “Deviam ter vergonha por terem arruinado a Grécia. A população fez tantos sacrifícios e lutou tanto. Eles deviam sair”, advertiu uma manifestante.

Mas segundo o primeiro-ministro, é preciso “salvar o país da bancarrota”. Esta manhã, num Conselho de Ministros extraordinário, George Papandreou aprovou o aumento do IVA para 21%, cortes nos salários da função pública e um aumento de 20% dos impostos sobre o álcool, tabaco e combustíveis.

O maior sindicato do sector público já anunciou uma jornada de greve nacional para 16 de Março.