Última hora

Última hora

Forças de segurança votam hoje no Iraque

Em leitura:

Forças de segurança votam hoje no Iraque

Tamanho do texto Aa Aa

As eleições legislativas são no domingo, mas os militares, polícias, funcionários públicos e os presos votam hoje no Iraque.

No total, entre 600 e 700 mil pessoas são esperadas nas urnas esta quinta-feira, segundo dados das Nações Unidas.

O reforço da segurança é obrigatório, depois do triplo atentado suicida registado ontem.

O escrutínio é um teste para os planos de retirada das tropas norte-americanas e para as autoridades iraquianas que progressivamente assumem o controlo do país.

Um polícia diz que “é um grande dia para eleger o governo iraquiano e a pessoa que vai servir a população porque o Estado não é representativo.”

19 milhões de eleitores são chamados a escolher entre seis xiitas que disputam o cargo de primeiro-ministro. Nuri Al-Maliki quer ser reeleito, mas no caso de ser o mais votado, é difícil prever um cenário de maioria absoluta. Nesse caso, terá de costurar alianças para se manter no poder.

As eleições de domingo decorrem num ambiente de alta tensão. Ontem, em Baquba, a nordeste de Bagdad, um triplo atentado suicida fez três dezenas de mortos.