Última hora

Última hora

Movimentos pró-vida manifestam-se em Espanha contra a lei do aborto

Em leitura:

Movimentos pró-vida manifestam-se em Espanha contra a lei do aborto

Tamanho do texto Aa Aa

A Igreja Católica e os meios conservadores espanhóis voltaram às ruas para protestar contra a nova lei do aborto que deverá entrar em vigor em Julho.

O protesto é o terceiro organizado no país para tentar abortar a lei, apoiada no entanto pela maioria da população.

Entre os manifestantes desfilaram vários membros da oposição conservadora, que prometem modificar a lei caso vençam as próximas eleições em 2012.

Uma activista católica pró-aborto explica no entanto que nem todos os católicos estão contra a nova legislação, “em termos de direitos sexuais a maioria não segue as regras impostas pela igreja, nós os católicos utilizamos contraceptivos e recorremos ao aborto em caso de necessidade… Enfim, desobedecemos às directrizes da nossa hierarquia”.

A nova lei proposta pelo governo socialista permitirá a IVG até ao 14a semana de gestação, inclusivé nos hospitais públicos.

A actual legislação limita este direito aos casos de deformação do feto, violação ou quando esteja em causa a saúde da mãe.

Actualmente praticam-se cerca de 100 mil abortos por ano em Espanha.