Última hora

Última hora

Obama: iraquianos deram provas de estar à altura dos desafios

Em leitura:

Obama: iraquianos deram provas de estar à altura dos desafios

Tamanho do texto Aa Aa

Para muitos analistas, estas eleições são uma oportunidade para os Estados Unidos declararem “vitória” no terreno, sete anos depois de uma guerra que dividiu os norte-americanos.

Barack Obama, numa intervenção da Casa Branca, considerou este escrutínio um marco histórico e minimizou potenciais incidentes: “Este é o início e não o fim de um longo processo eleitoral e constitucional. Os votos têm de ser contados, queixas ouvidas, e o Iraque, com o apoio das Nações Unidas, tem está preparado para investigar denúncias de fraude.”

O presidente norte-americano afirmou ainda que “como era esperado, houve episódios de violência, mas no cômputo geral, o nível de segurança e de prevenção e estabilização dos ataques testemunham a crescente capacidade e profissionalização das forças iraquianas.”

“No final de Agosto, a nossa missão de combate acaba. Tal como disse no ano passado, quando anunciei a nova estratégia para o Iraque, vamos continuar a aconselhar e a dar assistência às forças de segurança iraquianas e prosseguir com as actividades contraterrorismo juntamente com os parceiros iraquianos, assim como proteger as nossas forças e os civis.”