Última hora

Última hora

Soldados revêem-se em "Estado de Guerra"

Em leitura:

Soldados revêem-se em "Estado de Guerra"

Tamanho do texto Aa Aa

Um filme de sucesso, inspirado em factos reais, vividos pela Brigada antibomba, estacionada no Iraque.

“Estado de Guerra” já foi visto pela membros da brigada, os verdadeiros herois da história. Eles revêem-se na tela.

O filme dividiu opiniões, mas massajou-lhes o ego.

É o caso de um sargento:

“Antes do filme estrear, queria falar com toda a gente e dizer-lhes que era militar. Eles queriam saber o que eu fazia e dizia-lhes que estava na unidade antibomba e dava-lhes mais explicações. Agora basta dizer que é como no filme, mas….

E um sargento-mor:

“Até ao fim do dia é ficção. Mesmo sabendo isso, as pessoas constroem uma imagem de nós muito positiva, mas eu penso que podia ser melhor”.

Finalmente, um capitão:

“A unidade antibomba é constituída por gente muito modesta que não tem ouvido muitos elogios ao filme.A maioria deles diz que o filme exagera o que nós fazemos, mesmo que cada um destes tipos seja um herói, num ou noutro aspecto da vida”.

Um filme que consagrou Katrin Bigalow como realizadora. Foi a primeira mulher a ganhar o Oscar para o Melhor Realizador, contando uma história de homens.

Nunca o Dia Internacional da Mulher teve tanto significado, em Hollyoowd