Última hora

Última hora

Partido de Berlusconi não pode participar nas eleições regionais em Lazio

Em leitura:

Partido de Berlusconi não pode participar nas eleições regionais em Lazio

Tamanho do texto Aa Aa

Tribunal Administrativo de Lazio, em Roma, trava Silvio Berlusconi. A instância recusou as listas do PDL, o partido do primeiro-ministro, às eleições regionais. Em Lazio as listas não entraram a tempo na corrida, na Lombardia continham incorrecções. Para contornar a situação Berlusconi propôs um decreto-lei sobre a apresentação de listas eleitorais para permitir ao seu partido participar nos actos eleitorais nas duas regiões.

Os juízes de Lazio não ficaram convencidos e vetaram o decreto-lei, aprovado pelo Presidente da República, baseando-se na Constituição italiana, que dá às regiões do país o poder de editar leis próprias em matéria de eleições locais.

O PDL pode recorrer desta decisão, aliás Roberto Maroni, ministro do interior, diz que em Itália há recursos atrás de recursos e ninguém os nega a ninguém. Acrescenta que só espera que esta situação se resolva rapidamente para evitar o adiamento das eleições.

Enquanto a oposição se manifesta contra Silvio Berlusconi o diário Corriere della Sera divulgou no domingo uma sondagem que mostra uma quebra de popularidade do executivo. Em Fevereiro atingiu um dos níveis mais baixos de sempre.