Última hora

Última hora

Medvev investiga polícia

Em leitura:

Medvev investiga polícia

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente russo demitiu, esta quinta-feira, 15 altos responsáveis da polícia de Moscovo, acusados de comportamentos impróprios.

Em causa a denúncia de participação de agentes das forças de segurança, em assaltos a automobilistas.

Os carros da polícia serviam para barrar o caminho das vítimas.

O responsável pela polícia de Moscovo desvaloriza, dizendo que esses casos já foram penalizados:

“Eu posso dizer que o comando do regimento de polícia implicado neste caso foi sancionado.Foi repreendido e, entre outras coisas, analisámos todas as circunstâncias e estudámos as medidas disciplinares que lhes podiamos aplicar”

Medvedev ordenou ainda uma vasta refoma do Ministério do Interior e um inquériro a alegados casos de criminalidade, dentro da própria polícia.

“Estamos apenas no princípio”, disse um porta-voz governamental.

Esta quinta-feira Dmitri Medvedev enviou um projecto de lei ao Parlamento que transforma a condição de polícia em agravante, em caso de ilícitos criminais.