Última hora

Última hora

O último adeus a Sayed Tantawi

Em leitura:

O último adeus a Sayed Tantawi

Tamanho do texto Aa Aa

As cerimónias fúnebres do grande chefe da Al Azhar no Egipto e a maior autoridade do islão sunita decorreram esta quinta-feira em Medina, na Arábia Saudita.

Mohamed Sayed Tantawi, o líder de uma das mais prestigiadas instituições de ensino do mundo islâmico, morreu quarta-feira, vítima de ataque cardíaco, na Arábia Saudita. Deslocara-se a este país para participar numa entrega de prémios.

Uma multidão juntou-se esta noite no último adeus ao grande imã, a voz do islão moderado no Egipto e no mundo islâmico que se cala aos oitenta e um anos.

Tantawi era considerado relativamente liberal em questões como direitos femininos, mas acabou por ser criticado por alguns ao seguir a linha do governo.

Enquanto dirigente da Al Azhar, opôs-se à circuncisão feminina e ao uso do véu que cobre todo o rosto da mulher mas para ele, cobrir a cabeça, era um dever das mulheres islâmicas.