Última hora

Última hora

Palestinianos reprimidos em Jerusalém

Em leitura:

Palestinianos reprimidos em Jerusalém

Tamanho do texto Aa Aa

Jerusalém foi palco de confrontos esta sexta-feira.

Vários palestinianos ficaram feridos depois de se envolverem com a polícia, ao serem proibidos de entrar na mesquita Al-Aqsa.

As autoridades montaram um controlo apertado de entradas e saídas. Só admitem a passagem de homens com mais de 50 anos de idade. Não há limites para as mulheres.

Perante as restrições, muitos palestinianos viram-se forçados a cumprir os rituais religiosos na rua.

O edifício é conhecido pelos judeus como Monte do Templo. Os muçulmanos chamam-lhe Santuário Nobre.

Na base da polémica está o encerramento da fronteira de Israel com a Cisjordânia.

O primeiro-ministro israelita tomou a medida por razões de segurança. Benjamim Netanyahu tem receio de novos atentados suicidas, como os verificados no sul do território.

O embargo prolonga-se até à meia-noite de sábado e pode vir a ser alargado, se necessário.