Última hora

Última hora

Relatório aponta aponta responsáveis pela falência do Lehman Brothers

Em leitura:

Relatório aponta aponta responsáveis pela falência do Lehman Brothers

Tamanho do texto Aa Aa

A justiça americana está à procura dos responsáveis pela falência do Lehman Brothers.

O gabinete de auditoria britânico, Ernst & Young pode ter que enfrentar os tribunais sob a acusação de negligência profissional.

Num relatório de 2200 páginas, elaborado durante um ano, por um gabinete jurídico de Nova Iorque, a auditora britânica é acusada de ter branqueado provas de que o banco tinha temporariamente retirado das contas uma dívida de 50 mil milhões de dólares, para iludir o organismo regulador e os investidores.

Esta prática, designada Repo 105, terá sido utilizada pontualmente pelo Lehman Brothers desde 2001 e, de forma sistemática, nos últimos dois anos antes da falência.

O colapso do Lehman Brothers, no dia 15 de Setembro de 2008, foi o prelúdio do cataclismo que se abateu sobre o sistema financeiro mundial. O congelamento do mercado do crédito e o adensar súbito da recessão mundial.

Mas o banco não tinha só dívidas no valor de 600 mil milhões de dólares, também tinha activos, esses foram entretanto comprados pelo Barcklays Bank.