Última hora

Última hora

Tóquio revê previsões económicas em alta

Em leitura:

Tóquio revê previsões económicas em alta

Tamanho do texto Aa Aa

O governo do Japão reviu em alta as perspectivas económicas para este ano, o que aconteceu pela primeira vez em oito meses. No entanto, Tóquio adverte que a deflação continua a representar um perigo real para a maior economia da Ásia.

Em Janeiro, os preços, em termos anuais, estiveram a descer pelo décimo terceiro mês consecutivo.

O governo está a fazer pressão sobre o Banco do Japão, para tentar garantir a estabilidade dos preços e evitar subidas no iene.

Para o ministro dos Negócios Estrangeiros, Katsuya Okada, a Ásia vai liderar a recuperação da economia mundial e o Japão vai ter o papel principal: “O Banco de Desenvolvimento da Ásia estima que a região vai precisar de oito biliões de dólares em fundos de investimento nos próximos dez anos. este dinheiro não pode vir só dos programas de desenvolvimento, vai ter que haver uma maior cooperação entre os sectores público e privado”.

Okada garantiu ainda que o Japão vai contribuir para o desenvolvimento futuro da Ásia com dinheiro, tecnologia e conhecimento.

Segundo o Banco do Japão, a deflação é um problema que não se resolve tão depressa e vai durar ainda mais alguns anos.