Última hora

Última hora

Triunfo da abstenção nas regionais faz manchete da imprensa francesa

Em leitura:

Triunfo da abstenção nas regionais faz manchete da imprensa francesa

Tamanho do texto Aa Aa

No rescaldo da primeira volta das eleições regionais, em França, as atenções voltam-se agora para o próximo domingo, altura em que as principais forças políticas vão de novo a jogo.

A imprensa nacional destaca a vitória da abstenção e o crescimento da esquerda.

Mais de 50 por cento dos eleitores não compareceram às urnas. Para muitos franceses, estas eleições são um barómetro para Sarkozy.

“Acho que o Partido Socialista recuperou uma parte do eleitorado perdido. Também acho, que mesmo que só uma parte dos franceses tenham votado, este foi um voto de protesto para Sarkozy e o seu partido, o UMP”, diz um eleitor, que completa o raciocínio de um outro votante: “Com uma taxa de abstenção destas, podemos perguntar porque é que ainda se continuam a marcar eleições. Um em cada dois franceses não se interessa por política”.

O Partido UMP, no governo, foi ultrapassado pela esquerda socialista de Martine Aubry, por três pontos.

Os socialistas lideram o escrutínio, mas o primeiro-ministro francês François Fillon confia no voto dos abstencionistas, para um volte-face, no próximo domingo.